terça-feira, 21 de abril de 2009

O espectaculo de 19 de abril nos media

Ver nos "links" abaixo o rescaldo do evento através do olhar da comunicação social...
http://jpn.icicom.up.pt/2009/04/20/video_fado_de_coimbra_traz_saudade_a_casa_da_musica.html http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Cultura/Interior.aspx?content_id=1205592
http://www.indiscutivel.com/noticia?id=219245&th=1
http://www.portaldofado.net/index.php?option=com_content&task=view&id=1294&Itemid=67
http://www.canalup.tv/?menu=vp&id_video=1666#default

REVOLUÇÃO EM MARCHA

Apesar dos problemas de bilheteira, aos quais a organização é completamente alheia ao contrario do que foi ventilado, mas assumindo um sincero e humilde pedido de desculpas, tivemos conforme estávamos à espera um espectáculo sem paralelo.
Um poema em movimento, uma trova em mutação pelas diversas roupagens musicais que nos foram presenteadas pelos diversos grupos desta Mui nobre Academia.
Fica aqui uma palavra publica de Agradecimento e Reconhecimento ao grupos que forma os pilares deste evento memorável. Fica aqui também uma palavra especial pela sua compreensão pelos problemas que foram surgindo, desviando a nossa atenção deles.
No meu caso particular queria realçar a presença duma audiência exemplar em diversidade e postura. Fico orgulhoso de poder servir tão nobre espectadores e tentar proporcionar momentos inolvidáveis, na medida que me nos)é possível. Penso que estas palavra são extensíveis a todos os membros da equipa de trabalho.
Aos nossos convidados um muito obrigado pela compreensão.
Fica aqui a intenção de repetir o proporcionar de momentos inesquecíveis e de pura emoção, tais como os de 19 de Abril de 2009, 40 anos depois do inincio duma revolução deu-se início a uma nova revolução...

Victor Serralva

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Fez-se história na casa da música do porto.
O primeiro capítulo de uma antologia do fado de coimbra.

Ainda é muito cedo para reflectir sobre o evento e não esquecer nenhuma palavra que ilustre todos os meus sentimentos, a minha satisfação e agradecimento a todos.

No entanto e por momentos, um profundo agradecimento e felicitações pela fantástica prestação de todos os grupos em palco.

À organização, colegas e respectivos departamentos, técnicos e assistentes que discretamente me ajudaram a levantar tão grande produção, mil palavras de apreço. Aos apresentadores, parceiros e amigos. Um agradecimento a toda a equipa que realizou e ajudou a produzir este evento, com particular atenção aos maestros Paulo Nunes e António Sérgio e ao meu amigo Victor Serralva, director e companheiro.

Foi um enorme prazer produzir e coordenar e um orgulho em ver a entrega de todos não correspondida condignamente por mim.
A todas as Personalidades, Instituições e Entidades presentes, em nome do projecto, um agradecimento especial.

Ao Dr. Almeida Santos, um agradecimento especial pelas palavras que nos dirigiu.

Por fim e para já, um humilde agradecimento ao meu caríssimo DUX Veteranorum, Américo Martins, esperando ter correspondido ás suas orientações e ambições em desenvolver tão nobre projecto, a ele devido, por ele dinamizado, e para ele construído.

Ainda será cedo para conclusões, mas uma é já sentimento adquirido...

A revolução do algodão que em tertúlia sentimos necessidade de instigar em prol da educação, da formação, da tradição e dos valores.. Já começou...
...e espera por mais adeptos para a continuidade da mesma.

O departamento de produção:
Nuno Oliveira Montalto

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Espectáculo na Casa da Música 19 de Abril, 21h30

Os bilhetes já se encontram practicamente esgotados!
Estamos certos que será um sucesso e uma explosão de sentimentos dispares, uma catadupa de emoções, um turbilhão de vivências condensadas num momento único de paixão e juventude de espírito condensadas num estilo musical: O Fado de Coimbra.
A todos os que participam, apoiam e facilitam este empreendimento, o meu, nosso agradecimanto e reconhecimento. A todos os restantes, aqui fica a promessa que este é o pontapé de saída e que estámos certos que este momento histórico terá sequelas.

EFE-ERREÁ!!

Victor Serralva